Pesquise Sua Notícia

Carregando...

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Caminhão desgovernado atropela e mata fiéis em procissão, em Manaus

sexta-feira, 18 de abril de 2014 - 0 Comments

Uma procissão católica da Paróquia Rainha Dos Apóstolos, que ocorria por volta das 17h desta sexta-feira Santa (18), na rua Francisco Orellana, no Dom Pedro, zona Centro-oeste de Manaus, terminou em tragédia após fiéis serem atropelados por um caminhão que perdeu o controle da direção. Ao menos três pessoas morreram e oito ficaram feridas, de acordo com informações fornecidas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).
Entre os mortos estão Cleida Bastos Antela e Tânia Magalhães Gomes. Um terceiro óbito ocorreu no SPA do Alvorada, o mais próximo ao local do acidente.
tragedia
Ciops informou que atropelamento deixou três mortos e 20 feridos, que foram encaminhados ao Pronto Socorro 28 de Agosto/Foto: A Crítica

A procissão, da qual participavam cerca de 300 pessoas, estava descendo a ladeira da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), no Dom Pedro, quando o motorista do caminhão que levava a aparelhagem de som, contratado pela paróquia, não conseguiu acionar o freio e saiu atropelando a multidão que estava na frente, conforme informação de um familiar de duas vítimas, que seguem em estado grave.
Os primeiros socorros às vítimas do acidente foram feitos pela equipe de médicos e enfermeiros da FCecon, antes da chegada do Samu.
Feridos graves
Cerca de oito pessoas que ficaram feridas foram levadas por 14 ambulâncias às unidades de emergência da cidade. Duas vítimas com ferimentos mais graves, como traumatismo craniano encefálico, foram encaminhadas para o Pronto Socorro 28 de Agosto, no Adrianópolis, zona Centro-sul. As demais vítimas foram atendidoas pelo Pronto Socorro João Lúcio, zona Leste, e unidades do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Platão Araújo (1), Alvorada (3), São Raimundo (2); Redenção (1). A diretora do PS João Lúcio, Hildeia Galvão, mandou todo o centro cirúrgico priorizar o atendimento aos acidentados.
Os feridos levados ao SPA do Alvorada foram Jennifer Garcia Pereira, 10 anos; Lucas Mateus dos Santos de Jesus, 16 anos; e Jocelin Justino Cavalcante, 49 anos. Jennifer, que fraturou a perna direita, foi transferida para o Pronto Socorro da Criança da zona Oeste.
tragedia2
Imagens do caminhão que atropelou fiéis em procissão católica, no Dom Pedro, nesta sexta-feira (18)/Foto:Divulgação

Motorista detido
O motorista do caminhão, Orelino Siqueira, 49 anos, foi detido pela polícia logo após o acidente para prestar esclarecimentos na delegacia. Ele havia sido contratado pela paróquia para acompanhar a procissão no ano passado 
fonte   www.contilnetnoticias.com

Briga entre irmãos acaba os dois feridos no pronto-socorro

Na madrugada desta quinta-feira, 17, na rua do Passeio , bairro Taquari, um irmão  agrediu o próprio irmão durante bebedeira em um bar.
Os irmãos Antônio Miranda da Costa, 27 anos e Fernando Miranda da Costa, 24 anos, estavam bebendo juntos, quando sem motivo aparente Fernando teria tentado matar o próprio irmão.
Segundo testemunhas, Fernando saiu do bar, assim que ele  voltou ao local procurou uma faca para furar Antonio, não encontrando, pegou um pedaço de madeira e deu várias até a vítima desmaiar.
O acusado só parou de bater Antônio quando uma irmã dos dois interviu. A vítima foi encaminhada socorrida por um equipe do Samu e encaminhada ao pronto-socorro deRio Branco.
http://agazeta.net/

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Momento histórico: encontramos outra Terra no Universo

quinta-feira, 17 de abril de 2014 - 0 Comments

Concepção artística do planeta Kepler-186f: mesmo tamanho da Terra e capaz de abrigar água em estado líquido
Desde a descoberta do primeiro planeta a orbitar uma estrela similar ao Sol, em 1995, a humanidade estava à espera deste anúncio. Finalmente ele chegou, com toda pompa e circunstância, num artigo publicado no periódico científico “Science”: encontramos um planeta praticamente idêntico à Terra orbitando outra estrela numa região que o torna capaz de abrigar água líquida — e vida — em sua superfície.
O anúncio foi feito na tarde de hoje numa entrevista coletiva conduzida pela Nasa (uma reportagem mais completa sobre o achado, produzida por este escriba, estará amanhã nas páginas da Folha). O planeta orbita uma estrela chamada Kepler-186 e tem, segundo as estimativas, praticamente o mesmo diâmetro da Terra — 1,1 vez o do nosso mundo. Até onde se sabe, ele é o quinto a contar de seu sol e leva 129,9 dias terrestres para completar uma volta em torno de sua estrela. Ou seja, um ano lá dura mais ou menos um terço do que dura o nosso.
A estrela-mãe desse planeta é uma anã vermelha com cerca de metade do diâmetro do nosso Sol, localizada a cerca de 490 anos-luz daqui. Um dos aspectos interessantes dessa descoberta em particular é que, além de estar na chamada zona habitável — região do sistema em que o planeta recebe a quantidade certa de radiação de sua estrela para manter uma temperatura adequada à existência de água líquida na superfície –, o planeta está suficientemente distante dela para não sofrer uma trava gravitacional. Caso fosse esse o caso, o Kepler-186f, como foi batizado, teria sempre a mesma face voltada para a estrela, como acontece, por exemplo, com a Lua, que sempre mostra o mesmo lado para a Terra. Embora modelos mostrem que a trava gravitacional não é um impeditivo definitivo para ambientes habitáveis (a atmosfera trataria de distribuir o calor), é sempre melhor ter um planeta com dias e noites, em vez de um em que um hemisfério é sempre aquecido pelo Sol e outro passa o tempo todo na fria escuridão.
Numa nota pessoal, lembro-me de ter já conversado antes com Elisa Quintana, pesquisadora da Nasa que é a primeira autora da descoberta. Em 2002, ela produziu uma série de simulações que mostravam que o sistema Alfa Centauri — o trio de estrelas mais próximos de nós, sem contar o Sol — podia abrigar planetas de tipo terrestre na zona habitável. Imagino a realização pessoal dela de, depois de “conceber” por tantos anos mundos como esse em computador, finalmente poder reportar uma descoberta dessa magnitude. Não de uma simulação, mas da fria realidade da observação!

Trata-se de um momento histórico. A partir de agora, os astrônomos devem se concentrar cada vez mais na busca de outros mundos similares à Terra e a Kepler-186f, gerando alvos para futuras observações de caraterização — a efetiva análise da composição desses mundos e suas atmosferas –, em busca, quem sabe, de evidências de uma outra biosfera.
Nosso planeta está prestes a ganhar muitas companhias. 
fonte   l.blogfolha.uol.com

Não tinha ambulância para atender as vítima', diz motorista que presenciou tragédia na 364

Um motorista que presenciou o acidente de trânsito envolvendo seis pessoas, nas proximidades de Tarauacá, o economista Leidinílson Moura, afirmou à reportagem da Agência ContilNet que não havia nenhuma ambulância no município para socorrer as vítimas do acidente.
De acordo com o economista, o socorro às vitimas, que estavam em estado grave, foi feita por uma viatura da Polícia Militar (PM) e um carro do Corpo de Bombeiros. Das seis vítimas, duas foram a óbito.
acidente-tk2
É importante ressaltar que nenhum dos carros que foram usados para socorrer as vítimas estavam equipados para qualquer tipo de atendimento emergencial.
O acidente envolvendo uma caminhonete Hilux com seis pessoas aconteceu por volta das 17:40 horas desta quarta-feira (16), a cerca de 40 km de Tarauacá, sentido Cruzeiro do Sul.
acidente-tk5acidente-tk4
A primeira vítima fatal, Lena Rosa Monteiro, morreu no lugar do acidente. Lena era a esposa do motorista da Hilux, Aslan da Costa Vieira. A segunda vítima, Francisco Wager, pai de Aslan, morreu no hospital de Tarauacá.
acidente-tkacidente-tk8
fonte  www.contilnetnoticias.com

Filho de policial militar tirar a vida com arma do pai em Epitaciolândia

O pai disse : “Nunca meu filho mexeu na minha arma

Era por volta das 14 horas desta quarta-feira, dia 16, quando os socorristas do SAMU foram acionados pelo SIOSP (190), para levar em estado de urgência, um jovem que estaria ferido gravemente na região do abdômen por arma de fogo.

A vítima, seria Alex Kenedy Batista dos Santos (19), estudante do IFAC na cidade vizinha de Xapuri, onde passava a semana e voltava para a casa dos pais nos finais de semana e feriados localizada na comunidade Nari Bela Flor com acesso pela BR 317, km 12.

Segundo o pai, Cabo PM Santos, disse que havia ido pescar e voltou para casa. Seu filho conversou normalmente com ele, foi para o quarto e instantes depois, gritou dizendo que o amava. “Eu respondi dizendo que também o amava muito e de repente, escutei o estampido”, disse.

Quando Santos chegou no quarto, viu seu filho agoniando e ligou para pedir ajuda. Mesmo chegando no hospital Raimundo Chaar em Brasiléia, o jovem não resistiu ao ferimento ocasionando pela pistola de trabalho do pai e foi a óbito.

O pai disse que: “Nunca meu filho mexeu na minha arma. Eu sempre guardava no armário e fechava a porta. Não sei o que aconteceu para ele fazer isso, pois já estava com 19 anos”, lamentou o pai com a mão sobre o corpo do filho.

Segundo o comandante do 10º Batalhão da PM em Brasiléia, Major PM Estene Barbosa, já havia solicitado que o perito criminal realizasse as perícias necessárias e que o corpo fosse levado ao IML para exames cadavéricos, em liberado para a família. 

http://www.oriobranco

TARAUACÁ: ACIDENTE NA BR COM 6 VÍTIMAS: 2 já faleceram e 2 estão em estado grave.


Uma colisão entre duas caminhonetes, na BR-364 nesta quarta-feira (16) matou duas pessoas e deixou três feridas. Em um dos veículos, de acordo com o Batalhão da Polícia Militar de Tarauacá(AC), distante 400 km de Rio Branco, estavam seis pessoas da mesma família. Elas saíram da capital para passar o feriado prolongado em Cruzeiro do Sul, quando o o veículo colidiu com outro que estava parado no acostamento da rodovia.
Segundo os agentes de trânsito, após a colisão, a caminhonete dirigida por Aslan Costa Taveira, de 40 anos, capotou várias vezes. Taveira fraturou uma costela, o dedo de uma das mãos e perdeu a esposa Iana Rosa Medeiros, de 44 anos, que morreu no local. O pai do motorista, Francisco Vagner Taveira, de 58 anos, chegou a ser socorrido com vida, mas morreu no Hospital de Tarauacá, para onde foi encaminhado
Maria Rosângela Taveira, de 60 anos, mãe do motorista, foi levada ao hospital de Tarauacá com ferimentos graves. “Segundo as informações que nós tivemos dos médicos, ela perdeu os movimentos das pernas e pode ter lesionado a coluna cervical. Ela será transferida para Rio Branco ainda hoje, provavelmente, para passar por uma cirurgia”, 
Andréia Costa, de 30 anos, irmã de Taveira, foi transferida para Cruzeiro do Sul onde segue internada. Seu estado é considerado estável, de acordo com boletim divulgado pelo Hospital do Juruá. O garoto Abrão Taveira, de sete anos, filho do motorista, era o sexto ocupante do veículo e sofreu apenas arranhões pelo corpo e não precisou ser internado. 
O repórter cinematográfico, Francisco Guimarães Pereira, de 43 anos, voltava de uma chácara quando passou no local assim que o acidente aconteceu. “É um local onde só tem mato e muitos abismos, o carro deve ter capotado durante uns 30 metros depois da colisão. Tinha gente caídapara todo lado, só a criança que por um milagre não sofreu praticamente nada”, comentou.
fonte   acciolytk.blogspot.com

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Peixe elétrico de 5kg é capturado no Jordão

quarta-feira, 16 de abril de 2014 - 0 Comments

unnamed
Um fato atípico ocorreu na última segunda-feira, 14, no município de Jordão, no interior do Acre. Populares conseguiram capturar um peixe elétrico, popularmente conhecido como “puraquê”. O animal estava nadando num canal que fica na região central daquela cidade. O córrego é utilizado para o escoamento do esgoto de uma escola que fica na área.
Segundo informações, o peixe teria sido atingido por um golpe de terçado. O corpo do peixe é liso e bastante perigoso.
Esse o peixe-elétrico, que pode chegar a dois metros de comprimento, é chamando cientificamente de Electrophorus electricus.
O poraquê possui o corpo alongado e cilíndrico, com apenas uma nadadeira anal, que se estende por quase todo o abdome – lembra a forma de uma enguia. Sua cabeça é achatada e a boca é equipada com uma fileira de dentes cônicos e afiados. A cor desse animal é sempre muito escura, porém a parte ventral de seu corpo é amarelada.
O risco do contato com o poraquê é maior na superfície, pois esse peixe-elétrico precisa do ar atmosférico tanto quanto os animais terrestres para obter oxigênio – outro motivo de encanto para os cientistas. Se atingido, o animal pode levar a vítima à morte. As informações são do Fala Jordão. 
fonte   http://www.ac24horas.com/

Vereadora Matildes fez uma grave denúncia ao confirmar que tem professor ganhando para dar aulas para 03 alunos só porque é amigo de vereador.

Em seus pronunciamentos a vereadora Matildes do PSDB não titubeou em fazer uma grave denúncia de que tem professores, lecionando para 03, ou no máximo 04 alunos só porque é amigo de vereador.
Pela gravidade das denúncias da parlamentar é, no mínimo, para o Ministério Público abrir procedências investigatórias para averiguar e tomar todas as providencia necessárias.
Matildes também criticou o abandono em que se encontram as quadras e a falta de alternativas para a juventude que buscam na pratica esportiva sua principal diversão.
Sem esse apoio do poder pública a tendência é a juventude ficar ociosa e buscar diversão que muitas das vezes são encontradas na bebida e nas drogas.
A falta de remédios nos postos de saúde também foi usado como tema nos pronunciamentos da vereadora tucana que não poupou críticas ao prefeito que vem recebendo muitos recursos do Governo Federal para aplicar no sistema de saúde da rede municipal. A falta de remédios nos postos não se justifica. Diz a parlamentar. 
fonte  /www.radiofmfeijo.com

Presença de indios isolados cria pânico na fronteira

unnamed (4)
Pressionados por traficantes de drogas e madeireiros no vizinho Peru, os chamados “índios isolados” atravessam a fronteira e em número cada vez maior perambulam em territórios indígenas no lado brasileiro gerando um clima de tensão e medo. Eles espreitam aldeias e roçados, roubam machados e terçados e imitam gritos de macaco que assustam mulheres e crianças. Existe um clima de insegurança nas cabeceira dos rios Purus, Envira e Tarauacá, onde  indígenas kaxinawá, ashaninka e manchineri estão preocupados, mas sem saber como enfrentar a situação. Na sexta-feira passada, 11, uma comissão formada por lideres indígenas, antropólogos, Comissão Pró-Índio e Funai procurou o senador Jorge Viana em seu gabinete em Rio Branco, para pedir ajuda. Os indígenas concordam em proteger os “isolados”, obedecendo recomendação da Funai para não fazer contato, mas, ao mesmo tempo, querem se defender dos ataques e saques que vem sofrendo em suas aldeias. Eles pedem apoio oficial, recursos, treinamento e contratação de pessoal habilitado nas frentes de proteção etnoambiental. O senador sugeriu a elaboração de um programa de 5 anos de duração ações de proteção aos “isolados” pelos próprios indígenas, com os custos da operação. Em contrapartida, prometeu conseguir recursos e fazer articulação com os governos federal e estadual para ajudar na solução do problema.
 A comissão que procurou o senador é representativa. Além do coordenador de assuntos indígenas do governo, Zezinho Yube, liderança jovem dos Kaxinawá do rio Tarauacá; e Lucas Manchineri, professor formado em programa de educação  da Reserva Mamoadate, no Purus - participaram da conversa o antropólogo acreano Terri Aquino, o Txai, o também antropólogo Marcelo Piedrafita e Carlos Meireles, “o velho do rio” que, em 2009, quando respondia pela base de proteção etnoambiental do rio Envira, foi atingido por uma flecha que entrou na boca e varou na nuca. Participaram também Vera Olinda Sena de Paiva e Malu Ochoa, da Comissão pro Índio do Acre, e o atual Chefe da Frente de Proteção Etnoambiental do Rio Envira, Guilherme Dalto Siviero, da Funai.
Todas essas pessoas têm uma longa história ligada ao movimento indigenista do Acre que, a partir de 1975, promove a retomada das terras pelos grupos indígenas violentados e expulsos, no início do século XX, por seringalistas e seringueiros durante a aventura da borracha. E a procura pelo senador tem antecedente histórico: em 2001, como governador do Acre, Jorge Viana sobrevoou a região dos “isolados” na companhia do indigenista Meireles e adotou as primeiras medidas oficiais para protegê-los.
A situação na fronteira, entretanto, foi agravada nos últimos anos com a reduzida participação da Funai na área. Também porque, sem alternativa,  os isolados invadem terras acreanas onde os indígenas se encontram organizados  na execução da gestão territorial e ambiental.  Até 1988, a politica da Funai quando identificava um grupo arredio era fazer o contato e “amansar”. Em 2012, passou a usar com base no decreto n.7.778, seu poder de policia para impedir o contato. Só que, nas cabeceiras dos rios Madre de Dios, Ucayalli, Purus e Juruá, a situação é mais complexa, e o conflito acaba se estendendo ao Acre.
Meirelles informa que a “guerrinha” entre isolados e indígenas brasileiros começou no Jordão e no Envira, com “um flechando o outro”. Depois surgiram histórias parecidas na região do Humaitá, no alto Tarauacá, o que o levou a pensar que se tratava de um único grupo. A Funai criou então uma base no igarapé Xinane, onde o indigenista permaneceu o tempo suficiente para descobrir, após um sobrevoo, que havia um segundo grupo de brabos no Riozinho, no Purus. Pouco tempo depois, um terceiro grupo chegou ao Xinane. E um quarto grupo, identificado como Mascko Piro, foi visto perambulando ao longo de toda a fronteira. A própria Funai já admite hoje seis grupos de isolados perambulando pelo Acre
Os Mascko Piro não possuem casa, nem aldeia, perambulam em grupos de 150 a 200 individuos coletando frutos na floresta e ovos de tracajá nas praias de rio. Acampam em diferentes territórios com mulheres e crianças e quando a comida acaba numa área, partem para outra. No inicio de 2014, o professor indígena Lucas Manchineri, da terra indígena Mamoadate, no rio Iaco, conseguiu imagens de um breve encontro dos Mascko Piro com os Manchineri nas cabeceiras do Purus . Eles aparecem numa praia e manifestam disposição de contato. Ganharam cachos de banana e descobriram que falam a mesma língua do grupo que vive no Iaco.
As noticias que circulam no alto Tarauacá e no Xinane, com outros grupos de isolados são diferentes. Seringueiros e kaxinawas já foram flechados e, do outro lado, “brabos foram mortos a tiros.  Os grupos indígenas do Acre que partilham terras com eles, mesmo sem os verem, com a ajuda dos indigenistas propõem que sejam mantidas quatro bases de proteção etnoambiental: no rio D’Ouro, no Muru, no Xinane e no Mamoadate. A despesa  das quatro frentes somariam R$ 903 mil  no primeiro ano, devido ao aparelhamento das mesmas, mas custariam menos nos anos seguintes. Jorge Viana disse que o valor não é alto, considerando a finalidade do projeto que se encaixa na ideia/sentimento de “florestania”!

O antropólogo Terri Aquino escreveu a vida toda, longos relatórios sobre a situação dos índios do Acre defendendo seus territórios e sua organização, agora aderiu à linguagem dos vídeos. É de sua autoria, em parceria com o realizador kaxinawa Nilson Puye, o documentário “Floresta também é gente” que trata da questão dos “brabos no rio Humaitá, afluente do Tarauacá. Foi rodado numa oficina de avaliação do plano de gestão da Terra Indígena Humaitá, dos Huni Kuin (kaxinawá), realizada na aldeia Boa Vista.
 O vídeo mostra as imagens impressionantes do encontro entre os manchineri e os Mascko Piro nas cabeceiras do Purus. É comovente ver a expressão de curiosidade e contentamento dos arredios, aparentemente interessados no contato. Homens, mulheres e crianças saudáveis e de boa estatura vestem apenas tangas feitas com  envira, e apontam sem zanga para os parentes (manchineri)  descobrindo que falam a mesma língua Pano. Um deles coloca uma criança no ombro e entra no rio, na direção dos que estão na outra margem, como a dizer: “Olha aqui minha filha, ela não é linda”?
 O andamento da oficina na Aldeia Boa Vista não parece nem um pouco com as que se vê entre os não índios. Ali se descortina um Acre pouco conhecido, de futuro, com jovens indígenas que falam fluentemente o português e o Hãtcha Kuin, a lingua verdadeira dos kaxinawá, tratando de assuntos gerais da Reserva Humaitá, inclusive dos “brabos”. O ambiente está enfeitado com mapas coloridos e detalhados das cinco aldeias que compõem a reserva. Estendidos no espaço aberto e coletivo, mais parecem uma exposição de pintores primitivistas.
 Nos mapas estão incluídas as áreas de perambulação dos “brabos”, uma prova das boas intenções dos kaxinawá com seus parentes peruanos. Mas todos falam de uma dúvida atroz: “Tudo bem, nós devemos proteger os isolados como determina a Funai, em lei, mas quem vai nos proteger dos roubos e ataques que eles começam a praticar contra nós”? A indígena Francisca, da aldeia Novo Futuro, com idade avançada diz, nada  esperançosa: “Eu queria falar com a Funai para amansar logo esses ‘brabos’; porque eu quero trabalhar sossegada no meu roçado”.
 O jovem Alessandro Sabóia, da Aldeia Vigilante, todo pintado de urucum e outras seivas, aponta para outra direção: “Assim como nós temos vida dentro de nós, a floresta, a água e a terra tem vida também. Se nós não cuidar de onde nós vive, quem vai cuidar pra nós?” –indagou., demonstrando um protagonismo ecológico que tem chance de emergir com força das entranhas da floresta. 
fonte  http://www.ac24horas.com/

Estudantes e Desportistas bebem água da torneira no Ginásio de Feijó denuncia a Vereadora Matildes


Preocupa com o crescente abandono do poder Público Estadual e Municipal para com os nossos desportistas, A vereadora Matildes de Araújo do PSDB, vai enviar ao ministério público pedido de providência contra administração do Ginásio Coberto. Segundo a 

Parlamentar, nossos estudantes e os desportistas estão sendo enganados ao estarem consumindo água direto da torneira, quando na realidade o correto seria água filtrada ou água mineral, tendo em vista que ambos ao fazerem uso daquela praça de esportes pagam para se usufruírem de todas as condições que lhes são assegurados. Por isso vai requerer providências imediatas, para evitar que vários estudantes venham ser contaminados por bactérias presentes na água ao ser ingerida.

A parlamentar sustenta que os munícipes “estão sendo enganados”, explicando que o correto seria beber água filtrada ou água mineral, já que, ao fazerem uso daquela praça de esportes, estes pagam para usufruir de todos os benefícios que lhes são assegurados.
A vereadora avisa que irá requerer providências imediatas, a fim de evitar que vários estudantes venham a ser contaminados por bactérias presentes na água.
De acordo com secertário-adjunto de Esportes, Pelezinho, o Estado vai cobrar providência do gestor do ginásio. Pelezinho diz que se o problema for apenas um bebedouro, o material pode ser requisitado da capital.

terça-feira, 15 de abril de 2014

internalta se revolta com um vereador por defender com unhas e dentes o CASO G 7

terça-feira, 15 de abril de 2014 - 0 Comments

Hoje escutando atentamente a sessao de vereadores ouvir de tudo , palavras bonitas coisas de politicos .

Vi um vereador defender com unhas e dentes o CASO G 7 onde disse que era uma injustiça de que o seu partido nao faz nada errado ,parabens vereador vc e um fiel cao de guarda do partido,acho que nao ver tv Caso PETROBRAS, O MENSALAO , mas nao vi o senhor se quer falar naquele povo da invasao do bairro conquista que eatavam ali apenas atras de um canto para morar , construir suas familias e que ate uns dias atras estavam com suas coisas no meio da rua pegando sol e chuva e o senhor talvez nao se preocupe pq tem uma boa casa,ar condicionado,comida da melhor, sim sei que e fruto do seu trabalho mas vc nao disse que ia defender o povo vereador ,digo ao senhor OS PARTIDOS VAO E A POPULAÇAO FICA ande pelo conquista, pelo aristides e o sr vai ver que em feijo tem gente passando fome por q tem gente defendendo partidos A e B em vez de ir ate uma casa dessas e doar um sacolao para uma familia que so e lembrada na politica

FIEAC Oferecerá 1223 Vagas em Cursos Técnicos em Feijó

Na tarde desta segunda-feira, 14, o prefeito Merla recebeu em seu gabinete o diretor da escola do Senai Mozani Mariano, para juntos analisarem e acetarem os detalhes da propostas de implantação de vários cursos técnicos profissionalizantes no município de Feijó.
De acordo com o Diretor da Escola do Senai Mozani Mariano, os cursos técnicos serão por meio da interiorização das ações do sistema Fieac/Sesi/Senai/IEL em parceria com a Prefeitura e estãos endo disponibilizado para o município de Feijó mais de 1200 vagas em cursos técnicos profissionalizantes. As inscrições começarão 28 de abril e terão uma semana de duração. Todos os cursos são totalmente gratuitos e todos cursistas receberão os materiais necessários para a realização dos cursos.
De acordo com o secretário de administração da prefeitura de Feijó, Gelson Moreira, é grande importância a implantação destes cursos técnicos profissionalizantes, no município de Feijó, pois os mesmos só vem contribuir para a qualificação profissional dos funcionários públicos, jovens e a comunidade em geral, que poderão após qualificados e certificados estarão aptos a serem inseridos no mercado de trabalho, como autônomos e montarem seus próprios negócios. Portanto, estes contribuíram e muito para a melhoria de vida de todos. 

OS CURSOS:

Redação
Informática
Relacionamento Interpessoal
Cursos do Cozinha Brasil
Saúde e Segurança para a Indústria
Confeitaria Fina
Pães e Massas Especiais
Manutenção de Aparelho de Ar Condicionado
Eletricidade Predial de Baixa Tensão
NR-10 Módulo Básico
Pintor de Obras
Instalador Hidráulico
Marceneiro
Acabamento de Móveis   
fonte   acrefeijonew.blogspot.com

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Presos denunciam movimento dos agentes para forçar uma rebelião

segunda-feira, 14 de abril de 2014 - 0 Comments

Banner Presos2
Os detentos do presídio Francisco D'Oliveira Conde e seus familiares procuram os veículos de comunicação para denunciar a violência que vem sendo praticada por agentes penitenciários dentro do complexo.
Uma senhora de 69 anos, que não vamos identificar, tem medo de passar por novas humilhações quando for visitar os dois filhos que são internos do presídio. Neste sábado, ela disse que nunca foi tão destratada pelos agentes no horário de visitas. Segundo a aposentada, depois que começaram as manifestações contra o governo do estado, nas quais pedem reajuste salarial e melhorias de trabalho, o agentes mudaram a forma de receber os visitantes. Para a mãe de dois detentos, a agressividade só tem uma resposta. “É uma tentativa de revoltar os presos para que façam motim e assim chamar a atenção da população. Mas já pedi aos meus filhos que tenham calma”, declarou.
A equipe do site Agazeta.net recebeu uma denuncia através, do “Fale Conosco”, na manhã desta segunda-feira, 14, dando conta das más condições que os presos estão enfrentando. O nome da fonte será preservado, pois ela tem medo de sofrer represália.
A. F. L disse que, além das péssimas condições em que se encontra o presídio da capital acreana, os presos estariam sofrendo maus tratos. Segundo os detentos contaram que as luzes do presídio estão sendo desligadas todas as noites, e quando os presos batem nas grades (que é uma forma de protesto) eles ficam no dia seguinte sem jantar.
Ela contou também que quando um preso está doente só é levado para a enfermaria se o caso for muito grave. “Fiquei sabendo que um preso passou um dia inteiro se sentindo mal, mas ninguém o levou para a enfermaria, desesperado ele começou a bater grade, só aí levaram ele pra ser atendido, mas quando foi liberado, os agentes o levaram pro corretivo.” Afirmou A.F.L.
Ainda, segundo a denúncia, as celas têm espaço apenas para quatro presos, sendo que na maioria delas chega ter até dez homens, em um espaço de mais ou menos de três metros quadrados.
 “Além disso, a comida é péssima, não tem verdura nas marmitas, o feijão é mais duro que pedra, até água esta faltando. O café da manhã é um pão com meio saquinho de café com leite, frio. Os presos já estão pagando pelos seus crimes, mas eles não são bichos para serem tratados assim, ” Disse a mulher, em desabafo.
Segundo A.F.L, as  mães e esposas do presos que foram no sábado ao local, para visita, se reuniram para falar com o diretor do presídio, mas foram atendidas por outra pessoa da direção, que negou a acusação do desligamento das luzes.
Os detentos conseguiram telefonar para a redação da TV Gazeta e AGAZETA. NET para reclamar. Um dos presos disse que o presídio está para estourar (rebelião) por causa dos agentes que desrespeitam os direitos dos presidiários e passam por cima das regras do Instituto de Administração penitenciária. Por telefone, o detento que não se identificou disse: “aqui eles disseram que quem manda são eles (agentes) e não a direção do Iapen). Precisamos que alguma autoridade faça algo”, relatou.
Os detentos estão reclamando que estão sendo espancados, falta comida, água e energia. Os parentes estão sendo desrespeitados na hora das visitas, só para atingir os detentos e desestabilizar o sistema.
O outro lado
O diretor o Iapen, Dirceu Augusto, explicou que a falta de energia e água não é culpa dos agentes. Na semana passada houve um problema na rede elétrica e o equipamento está em conserto e essa semana tudo estará resolvido. Quanto às outras reclamações, ele não acredita que seja para atingir o governo, mas, vai investigar.
Para o diretor, o erro dos agentes é fazer reivindicações nesse momento complicado por que passa o Estado. Com tantos prejuízos e preocupação com o abastecimento não se pode parar por causa de uma categoria
fonte  agazeta.net 

Me sinto magoado, afirma homem que há mais de um mês procura tratamento de saúde

valcir
Não é novidade para ninguém que a Saúde no Brasil funciona a passos lentos. As filas do Sistema Único de Saúde (SUS) são enormes e, muitas vezes, o cidadão precisa esperar anos para realizar um procedimento cirúrgico que ele necessita, às vezes, com urgência.
No Acre, a situação é exatamente a mesma. O morador do município de Tarauacá, Francisco Araújo, procurou o jornalismo da ContilNet para denunciar a situação do amigo, Valcir Armine, que se encontra em grave situação, em virtude de problemas cardiovasculares.
Valcir Armine, de 65 anos, que tem um caminhão e trabalha com frete, veio em busca de tratamento na capital, já que por 15 dias tentou tratamento no município de Tarauacá e não obteve sucesso. Francisco ressalta que os 15 dias foram depois que Valcir sofreu de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).
Francisco afirma que não conseguiu nem encaminhamento e que só veio conhecer o problema de Valcir em Rio Branco. Depois que chegaram a Rio Branco, na última segunda-feira (7), conseguiram apenas na quinta-feira (10) a consulta com um neurocirurgião, às 6 da tarde.
O mais grave é que o neurocirurgião precisa de hemograma completo e tomografia. O hemograma foi marcado, porém, só para o dia 7 próximo mês, e a tomografia não tem qualquer previsão para a realização.
“Ele não vai aguentar. Se ninguém fizer esses exames, ele vai morrer em casa, sozinho. Isso é um absurdo acontecer em um estado com saúde dita de 'primeiro mundo'; queremos que o Estado seja responsabilizado”, afirma Francisco.
Não tendo mais a quem recorrer, Francisco se encaminhou ao Ministério Público a fim de denunciar o caso.
“Chegando ao Ministério Público, eles realizaram todos os procedimentos e encaminharam para a Defensoria Pública. A Defensoria fez um ofício e me encaminhou para a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). De lá, deixei alguns documentos e eles estipularam 5 dias para que sejam atendidos, contados a partir da próxima segunda-feira (14)”.
Valcir, com dificuldades na fala, afirma que se sente magoado com toda a situação que está vivendo.
“Me sinto muito magoado. Não tem condições de dirigir por causa do meu estado – como se estivesse bêbado – e muito tonto. Sem equilíbrio de nada, e muita dor de cabeça. É desesperador”.
valcir2
Vivendo esta situação por mais de um mês, Valcir espera que agora seja dado um ponto final em seu problema. O jornalismo da ContilNet vai acompanhar os procedimentos para averiguar os andamentos dos exames e da decisão judicial. 
fonte  www.contilnetnoticias.com

Eclipse lunar poderá ser visto a partir das 3h da madrugada desta terça


Na madrugada desta terça-feira (15), se as condições meteorológicas permitirem, será possível observar no Brasil e em todo o continente americano um eclipse lunar, quando a Lua ficará na sombra da Terra em relação ao Sol e ganhará um tom avermelhado, razão pela qual o fenômeno é chamado de "Lua de sangue". No Brasil, esse eclipse total poderá ser visto a partir das 3h da manhã e deve durar 78 minutos. O ponto alto deve acontecer a partir das 4h46 (horário de Brasília), e a visão será melhor nas regiões Norte e Centro-Oeste.
Os eclipses totais da Lua, quando o satélite cruza o cone de sombra da Terra, são pouco frequentes. O último ocorreu no dia 10 de dezembro de 2011. A última vez que aconteceu uma série de quatro eclipses lunares totais foi entre 2003 e 2004, segundo a agência espanhola EFE
Este será o primeiro de uma série de quatro eclipses lunares que deve ocorrer, aproximadamente, a cada 6 meses e se repetirá apenas sete vezes neste século. O próximo eclipse total está previsto para o dia 8 de outubro. Ainda este ano, também será possível observar dois eclipses do Sol (um em abril e outro em outubro).
A agência espacial americana (Nasa) explicou que o eclipse desta terça-feira começará quando a região periférica da Lua ingressar no centro da sombra da Terra, que é de cor âmbar. É durante esse período que o satélite é visto da Terra com uma cor avermelhada, causada pela luz do Sol e matizada por sua passagem pela atmosfera terrestre – algo similar à coloração que a luz solar adquire nos crepúsculos.
Ao longo da história, os eclipses solares e lunares estiveram rodeados de muitas superstições e referências a profecias sobre desastres naturais de grande magnitude.
Veja abaixo os eclipses previstos para 2014:
 15 de abril: Eclipse total da Lua – visível na parte oeste da África, na parte oeste da
Europa, Américas, Austrália e leste da Ásia
- 29 de abril: Eclipse anular do Sol (quando a Lua fica na frente do Sol e se forma um "anel" do Sol em volta da Lua) – visível na Antártica e Austrália
- 8 de outubro: Eclipse total da Lua – visível nas Américas, na Austrália e Ásia
- 23 de outubro: Eclipse parcial do Sol – visível na maior parte da América do Norte, no México e na Rússia

Irmãos são encontrados mortos no quintal de casa

Os irmãos Mauricélio Bento Feitosa,, de 27 anos, e Simone bento Feitosa, de 18 anos, foram encontrados mortos na manhã desta segunda-feira, 14, no quintal de casa, localizado no Ramal do paulista, na Vila do V. De acordo com a polícia, ambos apresentavam perfurações de faca.
DSC_0087
De acordo com vizinhos que passavam pelo local, o corpo de Simone foi visto caldo na frente da sua casa, perto do portão. Os moradores resolveram então acionar o Samu, que ao chegar no local, encontrou na parte de trás do quintal o corpo de Mauricélio.
unnamed
Segundo a PM, ainda não se sabe o motivo e nem quem teria praticado o homicídio.
Segundo relatos de moradores, mais cedo houve uma confusão envolvendo o Mauricélio e um homem conhecido por Arlindo, que seria namorada de sua irmã.
unnamed (1)
fonte  http://www.ac24horas.com/

Projeto Comunidade de mãos dadas com à saúde

O projeto "Comunidade de mãos dadas com à saúde" vai invadir as ruas de Feijó, 10 alunos do curso de Enfermagem Uninorte, em busca de ajudar e fazer o bem ao próximo escolheu Feijó pra a realização desse projeto. Você pode nos ajudar!  Abrace você também nosso sonho porque Família feliz é família saudável.

De acordo com os universitário oreferido Projeto busca novas ideias e desafios, tendo em vista que pretende-se fazer uma ação na comunidade carente da cidade de Feijó. Tendo como tema “FAMÍLIA FELIZ É FAMÍLIA SAÚDAVEL”, onde envolveremos a saúde da criança, mulher, homem e idoso, para que envolva a família por inteiro. Buscando a saúde familiar que as comunidades carentes daquele município necessitam para ter uma vida saudável.

Contribuindo com a saúde das famílias mais carentes, levando informação e conhecimento, tendo como consequência a melhoria de forma de vida da comunidade.

Promover formas de envolvimento da população em nosso projeto, com ações diferenciadas de inclusão e ensinamentos, relacionados ao câncer de mama, DSTs, Saúde Bucal, e Hipertensão, envolvendo a família como todo. Afirmaram os universitários.

O Projeto "Comunidade de mãos dadas com à saúde, foi lançado em sala de aula pelo os Vitor Datolli e Tiago Benedetti, por meio das ciências morfofuncionais IV. Os cursistas de enfermagem escolheram o município de Feijó para realização deste projeto, pois no eferido curso tem dua alunas feijoenses.  

Os cursistas estão na cidade de Feijó, em busca de patrocinadores, e nas instituições públicas para conseguir autorização do espaço, algumas matérias como, aparelhos de testes rápidos, matérias para higiene: Álcool, papel toalha, gases, luvas e alguns técnicos ou até mesmo enfermeiros para nos auxiliar no que for preciso. Arrecadação de alimentos, roupas e brinquedos. 

Para Banners, panfletos, blusas do projeto, arrecadação de alimentos, roupas e brinquedos, tentaremos conseguir patrocínios de lojas, comércios e até mesmo residências.

O projeto será realizado no sábado do mês Maio
08:00 as 11:30 hrs
- Consultas Médicas
- Consultas Judiciárias
- Cortes de Cabelo
- Palestras Rápidas
- Cadastro das equipes de Futsal
13:00 as 17:00 hrs
- interação com Idosos (dança)
- jogos de futsal.
fonte  http://acrefeijonew.blogspot.com.br/

Acidente na Avenida Ceará deixa cinco feridos

Um acidente na Avenida Ceará, na noite de sábado (12), envolvendo uma uma moto e uma bicicleta deixou cinco pessoas feridas.
Segundo informações o condutor da moto, Frank Sinatra Lopes da cruz, de 43 anos, que trafegava no sentido centro/bairro,  teria furado o semáforo que estava fechado e batido na bicicleta elétrica.
Na batida, Manoel silva dos santos de 36 anos e seu filho um menor de 16 anos, que estavam na bicicleta ficaram feridos.
Chirlei Melquilene, de 44 anos, que atravessava na faixa de pedestre também foi atingida. Na motocicleta conduzida Frank Sinatra, estava Cheila Cristina Silveira, de 48 anos.
Varias viaturas do Samu foram acionadas para socorrer as vitimas que foram levados para o Pronto Socorro de Rio Branco.
Chirlei Melquilene teve várias fraturas na perna direita e escoriações. Manoel silva foi conduzido em estado grave para o PS.
O conduto da moto e a mulher que estava na garupa tiveram escoriações pelo corpo e suspeita de fratura.
O menor de 16 anos, foi levado  ao PS com várias escoriações pelo corpo.

Filmes Online

TecGiro

Loading...
© 2013 Giro Feijó. All rights reserved.
Designed by SpicyTricks